• Carol Ribeiro

Resenha tripla: Trilogia Belo Desastre

Atualizado: 20 de Ago de 2019

Faz um bom tempo que li essa sequência, mas ela merece um espaço aqui, mesmo não sendo novidade no mercado.


Belo Desastre, Desastre Iminente e Belo Casamento contam a história de Abby e Travis. O primeiro é a versão dos fatos contados por ela, o segundo é mesma história narrada por ele e o terceiro é a conclusão de tudo, com capítulos alternados.

FICHA TÉCNICA

BELO DESASTRE

Autora: Jamie McGuire

Editora: Verus

Páginas: 392

Ano de publicação: 2012

Nota no Skoob: 4,2


DESASTRE IMINENTE

Autora: Jamie McGuire

Editora: Verus

Páginas: 405

Ano de publicação: 2013

Nota no Skoob: 4,4


BELO CASAMENTO

Autora: Jamie McGuire

Editora: Verus

Páginas: 126

Ano de publicação: 2014

Nota no Skoob: 4,1


SINOPSE


Abby Abernathy é uma boa garota. Ela não bebe, nem fala palavrão. Abby acredita que seu passado sombrio está bem distante, mas, quando se muda para uma nova cidade com America, sua melhor amiga, para cursar faculdade, seu recomeço é rapidamente ameaçado pelo bad boy da universidade.

Travis Maddox, com seu abdômen definido e braços tatuados, é exatamente o que Abby precisa e deseja evitar. Ele passa as noites ganhando dinheiro em um clube da luta e os dias seduzindo as garotas da faculdade.


Intrigado com a resistência de Abby ao seu charme, Travis a atrai com uma aposta. Se ele perder, terá que ficar sem sexo por um mês. Se ela perder, deverá morar no apartamento dele pelo mesmo período. Qualquer que seja o resultado da aposta, Travis nem imagina que finalmente encontrou uma adversária à altura. E é então que eles se envolvem em uma relação intensa e conturbada, que pode acabar levando-os à loucura.


MINHAS IMPRESSÕES


É uma ótima opção pra quem gosta de um livro com pitada hot e que tem história, ação, intriga e romance.


Há quem diga que a Abby é uma protagonista chata e o Travis, um bad boy machista. Eu digo que você só pode tirar suas conclusões depois de ler o segundo livro.


Muita gente fica com receio de ler, pensando que vai ser um saco ler a mesma história duas vezes, mas vai por mim NÃO É!


Dizem que toda história tem 3 versões: a sua, a do outro e a verdadeira. Ler o segundo livro traz uma perspectiva nova dos fatos, agrega informações que fazem muito sentido para compreender atitudes e palavras que pareciam soltas, vistas somente pelo ponto de vista da Abby.


A nota no Skoob é muito boa e boa parte da galera que leu, se apaixonou. Assim como boa parte de quem não gostou, parou no primeiro e, portanto, não conhece a realidade de muitos fatos dessa história (que só serão conhecidas em Desastre Iminente).


Eu acho que a grande sacada da autora foi justamente ocultar parte dos fatos no primeiro livro para serem revelados no segundo. Assim, você realmente lê o primeiro tendo apenas a perspectiva de um lado da história; saindo do lugar óbvio da maioria dos romances onde o leitor tem conhecimento de todos os fatos.


É um contexto um pouco adolescente no primeiro, com uma linguagem mais romantiquinha. Isso muda no segundo, que traz a versão do Travis, então tem uma pegada mais bad boy. Gostei, me diverti, me surpreendi mas entendo o lado de quem abandonou no primeiro, afinal, não faz o estilo de todo mundo.


Li estes livros logo no lançamento e achei que seria difícil a autora superar essa história e criar outros títulos afins sem ser mais do mesmo. E não é que ela conseguiu? Depois desses, vieram mais SEIS livros, um para cada irmão do Travis, um para o primo Shepley e o último com participação de toda a família, trazendo um desfecho cheio de ação.


36 visualizações