top of page
  • Foto do escritorCarol Combina

O momento presente

Hoje eu me levei pra passear...


Me convidei, me arrumei e saí; não foi planejado, não havia compromisso. Cedi ao apelo repentino do meu coração; aqueles que têm a duração de um segundo e que, na maioria das vezes, passam batido pela nossa consciência.


Dessa vez foi diferente. Senti, abri a porta e fui de encontro a mim mesma!

mulher caminhando pela trilha

No caminho fui conversando internamente sobre tudo e sobre nada; a vida, os caminhos que escolhemos, a brisa no ar, a perfeição de uma flor, os compromissos futuros, o tempo, as pessoas que passam e aquelas que ficam!


Então, olhei ao redor, escolhi um bom lugar, sentei e me dediquei a SER... apenas existir, respirar, me conectar com um EU profundo como há muito tempo não fazia.


Olhei a paisagem, as pessoas passando, imaginando quantas histórias passam naquele que passa, quantos sonhos, quantos problemas, quanto conhecimento, esperanças, desilusões, aprendizados, dores e amores.

em paz com seus pensamentos
Fonte imagem: triptaminaworld

Então o celular tocou... sem olhar, silenciei e continuei meu encontro.


Nessa hora, um pouco desperta dos meus pensamentos, me peguei analisando - e aqui eu faço uma pausa e peço que também faça essas reflexões - Quantas vezes você interrompeu inúmeras coisas ao primeiro toque do telefone? Quando foi que perdemos nossa autonomia e ficamos escravos desse aparelhinho que cabe na palma da mão? Porque TUDO tem que vir em segundo plano, priorizando as demandas de um celular?


E então me voltei ao passado, ao tempo em que esse recurso nem existia e éramos livres. De quantas cartas já escrevemos, quantos abraços não virtuais nós demos, quantos encontros regados a risadas e histórias, quanta vida real existia diferente de hoje. Saudade dos velhos tempos!


De volta ao meu EXISTIR. Senti o sol, o vento no rosto, ouvi os pássaros, caminhei, senti os pés no chão e a cabeça nas nuvens; um devaneio bom de quem está reaprendendo a admirar o momento presente. Sem o peso do passado, sem a angústia do futuro, somente a contemplação do AGORA, de tudo que se passa ao meu redor, mas principalmente dentro de mim.


No fim desse encontro, me senti inteira, plena, cheia de sentimento e significado. Me agradeci pela experiência incrível e prometi a mim mesma, de agora em diante, ter mais momentos assim. De mim, para comigo! Sozinha, mas não vazia, pois estarei repleta de encantamento!


35 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

DESISTA!!!

1 Comment


Coisas De Sucata
Coisas De Sucata
Mar 15, 2023

Perdemos conexões com o mundo real porque estamos cada vez mais conectados com o virtual!

Like
bottom of page