• Carol Combina

Não queremos flores, queremos paz

Todo dia 08 de março é a mesma coisa: parabéns pelo seu dia, mulher edifica o lar, a doçura das mulheres, a força com delicadeza... Flores, chocolates, elogios e mensagens enfeitadas de rosa! ... E no outro dia tudo volta a ser como era antes...

Mas você já reparou que mulher não tem um minuto de paz? Somos julgadas por nossas atitudes, comportamentos e escolhas O TEMPO TODO!

Rótulos foram feitos para produtos e não pessoas!

Se a mulher escolhe não casar, é encalhada; se não mantém um corpo sarado, é relaxada; se decide não ser mãe, é insensível; se impõe sua voz, é mulher-macho, se explodimos com alguém, estamos de TPM.


Aliás, por falar em TPM, já parou pra pensar que fomos criadas até julgar a menstruação? Crescemos ouvindo tantas coisas: esconda isso, não deixei ninguém perceber, não fale desse assunto porque é indelicado, esses dias são impuros, esse sangue é nojento! Pera lá, todo ser humano veio de uma mulher, logo, isso não devia ser um tabu.

O que falta para as mulheres é LIBERDADE... Liberdade de ir e vir, de ser o que quiser, de escrever o próprio destino e montar o quebra-cabeça da própria vida sem rótulos.


Você pode escolher não se casar (ser independente, sozinha e feliz), você também pode escolher não trabalhar fora e ser dona de casa, tá tudo bem! Você pode ter um corpo escultural, lindos cabelos loiros e ser caminhoneira. Aliás, enquanto escrevo isso o corretor insiste em dizer que a palavra caminhoneira está errada e me sugere corrigir a palavra no masculino (até o corretor precisa reconhecer que os tempos mudaram).

No fim, se trata do poder de escolha... As mulheres merecem o direito de ter o cabelo que quiser, o corpo que quiser, a profissão que quiser, usar salto ou tênis, desde que faça suas escolhas e não seja rotulada por isso.

As mulheres só querem liberdade para não precisar se encaixar em um padrão imposto pela sociedade. Portanto, nesse dia das mulheres não deseje (da boca pra fora) um feliz dia da mulher, olhe para dentro de si e se pergunte o que você pode fazer para realmente fazer do mundo um lugar melhor para elas!

“Se os meus críticos me vissem andando sobre o Rio Tâmisa, eles diriam que é porque eu não consigo nadar” Margareth Thatcher

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

DESISTA!!!