• Carol Ribeiro

URUGUAI - compilado sobre a viagem


Este é o primeiro post do Diário de Viagem - Uruguai


Essa não foi a primeira visita ao país, mas é a primeira depois da criação do blog, então vou agrupar algumas fotos da viagem anterior para conseguir mostrar o máximo de lugares possível.


Pra quem nunca viajou para fora do Brasil, considero essa uma das melhores opções para começar a explorar as divisas. Os uruguaios são extremamente prestativos e bem humorados, adoram os brasileiros e são muito pacientes com os turistas. Tem um post com as principais dúvidas pra quem nunca viajou pra lá, confere AQUI.


SOBRE A VIAGEM


Se for de avião, com descida em Montevidéu, lembre-se que a viagem precisa de escalas. Fique atento aos horários de saída e chegada para evitar horários complicados (como a madrugada, por exemplo).


Como gostamos de pegar estrada e explorar as regiões, optamos pelo estilo aventureiro/econômico: ir até Porto Alegre de avião e pegar carro alugado para descer ao Uruguai. Assim tem mais liberdade para conhecer melhor cada lugar, sair dos roteiros óbvios de turistas e não precisa gastar uma fortuna com os passeios de agências; que geralmente ficam mais caros do que a diária do veículo e te deixam preso à horários e roteiros programados.


Nessa última viagem, a passagem aérea estava em torno de R$ 1.400,00 (preços de 2018) enquanto o vôo BH a Porto Alegre saiu por R$330,00 - preços de ida e volta e, no meu caso, é preciso somar R$80,00 na diária do carro alugado.


Então a opção vai ser definida pelo seu bolso, mas também pelo seu gosto pessoal e como prefere fazer as viagens. Antecipo que as estradas são excelentes e na grande maioria, duplicadas – muito fácil para dirigir.



HOSPEDAGEM


Se for alugar casa ou apartamento, é bom planejar seu horários de chegada. Pelo Air BNB, alguns imóveis restringem o horário de entrada nos imóveis. Se seu vôo chegar muito tarde, pode ser que não consiga entrar no imóvel que alugou no mesmo dia.

Tomando café da manhã no Apto ao lado do Palácio Salvo

Existem inúmeros tipos de hospedagem, hotéis de todas as categorias, inclusive a rede IBIS. Optamos por alugar apartamento pelo AIR BNB, que tem sido a melhor opção das últimas viagens. Além de ficar mais barato, o que realmente me faz optar por isso é ter uma experiência mais completa, me sinto sufocada num quarto de hotel. Ficar uma semana confinada num quarto só com frigobar? Tô fora!!! Hotel te obriga a fazer todas as refeições (exceto café da manhã) na rua e eu gosto de comprar uns queijos e vinhos e nos dias de muita andança, vale um macarrãozinho à noite ao invés de sair pra comer. Isso sem contar o espaço inteiro de um apartamento só pra você.




PASSEIOS


Ao longo do Diário de Viagem, vamos ver post's de muitos passeios legais. Eu já fui ao Uruguai duas vezes e ainda não visitei tudo que eu gostaria. Visitando outros blog's, sempre descubro um lugar que ainda não visitei. Esse país tem muita lugar legal.


Considero a cidade velha (ou Ciudad Vieja, como dizem), a melhor região para ficar hospedado, é onde se concentra a maior parte dos pontos turísticos e, por isso, você pode conhecer muitos lugares a pé.


Nos outros post’s tem tudo detalhadinho sobre cada ponto. O fato é que hospedado no centro velho você faz a maior parte do roteiro do que as agências chamam de City Tour sem gastar nada.



BÔNUS POST


Fica a dica de conhecer o Bar Fun Fun, que é pequeno, aconchegante, com uma decoração estilosa e ótimos shows. Trabalha com reserva de mesas e tem apresentações de cantores regionais e tango. Ver o tango tão de pertinho e os shows da casa é inesquecível. Para variar, claro! A noite terminou com o povo se levantando das mesas para dançar as últimas músicas e as mais animadas eram, com certeza, as músicas brasileiras; que faziam o povo sorrir, dançar e cantar.



Bom, para começar, essas são as informações básicas. Acompanhe a série e se tiver alguma pergunta, mada aqui nos comentários.


0 visualização