• Carol Combina

Ganhei um Japamala

Se você nunca ouviu falar sobre isso, até ontem eu também não! Mas como Carol Combina Com conhecimento, vou te contar tudo que já aprendi sobre o Japamala.


O japamala é um cordão de contas (semelhante ao terço da religião católica), utilizado nas práticas de meditação. Ajuda a se concentrar, contar e potencializar mantras, desejos, intenções ou orações de quem o utiliza.


O QUE É JAPAMALA

A palavra “japa” significa rezar, sussurrar e “mala” significa terço ou cordão.


O japamala é dividido em 3 partes: tassel, meru e contas.

partes do japamala

Tassel é o pendão da ponta. Tem objetivo funcional e também significado espiritual. Essa parte representa a energia criada a partir da meditação. Simboliza a unidade e a conexão com o Divino.


Meru é a conta maior do Japamala, também conhecido como a Conta “Guru”. O Meru simboliza o Divino, o Mestre ou o Universo. Ele marca o início e o fim da repetição dos mantras.


As contas do Japamala servem para a contagem e repetição do mantra. Podem ter quantidades variadas, mas sempre múltiplos. Podem ter 27, 54 ou 108 peças. Dizem que há 108 linhas de energia ligadas ao coração; uma delas está diretamente ligada à auto-realização.


PARA QUE SERVE


O Japamala é bastante usado durante as meditações.


As contas do Japamala têm sido usadas em muitas tradições espirituais. Elas são bastante conhecidas por ajudar a trazer, junto com a meditação e orações, benefícios poderosos para o corpo, mente e espírito.


Através das contas, ele também ajuda a acompanhar as repetições de forma mais fácil (deixando a pessoa mais livre para focar no mantra e não na contagem das repetições).


Quando você chega ao “Meru”, a conta central do seu “Mala”, significa que você fez o seu “Japa” por 108 vezes. Completar esse circuito é uma forma de atingir a elevação espiritual.

Cada volta realizada, é um degrau a mais que se sobe para chegar a essa elevação.


O uso do Japamala pode ajudar:

  1. Aumentar o foco durante a meditação;

  2. Auxilia na contagem dos mantras e orações;

  3. O contato físico com as contas, junto com as orações, ajuda a transmitir seus poderes de cura;

  4. Ver ou usar uma Japamala pode servir como um lembrete da intenção e dos objetivos de uma pessoa;

  5. Pode ser usado como amuleto de proteção.

Também estou descobrindo que existe uma forma "certa" de segurar e utilizar o Japamala durante os mantras e orações, mas isso é assunto para outro post... Pretendo usar meu japamala para a prática do Ho'oponopono e futuramente vou trazer mais informações sobre isso também! Prometo que volto pra contar mais...


Namastê!

Fontes de pesquisa e imagens: dansarts, maosocupadas, namaskar

44 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo