• Carol Ribeiro

Conheça Bichinho - MG

Próximo à Tiradentes tem um lugar pequititinho que você precisa conhecer. O distrito de Vitoriano Veloso, mais conhecido como Bichinho, pertence à cidade de Prados, mas fica somente à 7 km de Tiradentes.


Cheio de cantinhos charmosos e muitas casas em adobe (mistura de barro e palha), Bichinho vale um dia de passeio quando estiver nas proximidades. Todo o trajeto desde a saída de Tiradentes é cheio de lojas de artesanato e móveis rústicos. A vontade que dá é de voltar com um caminhão comprando de tudo: quadros, bancos de madeira, tapeçaria, espelhos, esculturas e muito mais...


Apesar de ser pequeno e simples, o vilarejo de Bichinho é rico em conteúdo, artesanato e criatividade.  Destaco algumas particularidades do lugar que você não pode deixar de visitar:



MUSEU DO AUTOMÓVEL - ESTRADA REAL


Ideal para os apaixonados por automobilismo. Fica no caminho entre Tiradentes e Bichinho. Conta com um acervo de 70 automóveis americanos, europeus e nacionais. Não entramos porque tem uma placa informando que não é permitido filmar ou fotografar, então eu desisti (ando meio brava com certos lugares que proíbem fotos). A entrada é paga, se não me engano estava algo em torno de R$ 25,00 por pessoa (em dinheiro - não aceita cartão). Imagens coletadas na internet - fonte: Mochileiros e Melhores Destinos



CASA TORTA

A Casa Torta talvez seja o ponto mais conhecido e fica no caminho entre Tiradentes e Bichinhos. A entrada custa R$ 10,00 (preço em Novembro de 2018). Não entramos, mas dizem que lá dentro é bem lúdico, com fantasias para vestir, jogos, espaço para apresentações teatrais e brincadeiras, contadores de "causo", também tem um café e bistrô. Na área externa tem parquinhos, balanços e atividades infantis.


Dependendo da hora que você passar, pode ser difícil conseguir uma foto na fachada sem uma multidão por perto. O local é concorrido, por ser um dos pontos mais "famosos" em Bichinhos.



LOJA CONCEITO - CACHAÇA TABAROA


Como optamos por não entrar na Casa Torta, resolvemos dar um tempo por ali. Bem em frente à Casa, você encontra a Loja da Tabaroa, uma das produtoras de cachaça da região. Uma cerveja gelada é o convite para experimentar o Pirulito de Torresmo. Diferente, né?! E gostoso também!



CACHAÇARIA MAZUMA


Chegamos na minha parte favorita desse dia de passeio que foi conhecer a cachaçaria MAZUMA e provar da bebida - tomando do jeito certo. Sim, porque aprendemos que existe uma maneira correta de tomar cachaça. Achou estranho? Pois saiba que o jeito certo não é virar guela abaixo e eu não vou contar como é, senão, perde a graça. Você vai ter que ir lá aprender...


O Sérgio e sua esposa, que estão à frente do negócio, recebem os visitantes muito bem. Lá você entende sobre o processo de fabricação, armazenamento e aprende as particularidades sobre todo o processo e como se chega aos produtos finais com cada sabor de cachaça.





A loja fica no nível da estrada, juntamente com os tonéis que armazenam a bebida para o envelhecimento. Já a produção vem toda do alto e essa "casa" abriga a fábrica.


Quando você conhecer essa iguaria, vai querer "mais uma" e, a partir desse trocadilho, surgiu MAZUMA que também é a gíria para dinheiro em inglês e fortuna em hebraico. Existem vários tipos, armazenados em madeira que realçam o sabor. Nas palavras dos produtores:

Seja um remédio para aplacar muitas dores físicas e da alma, ou para molhar a palavra, acalmar e despertar os ânimos, a cachaça reinventa-se, pura ou misturada, branca ou amarela, nas rodas de conversa, onde se compartilham alegrias e tristezas, histórias cheias de vida.

IGREJA NOSSA SENHORA DA PENHA


Não conseguimos pegar a igreja aberta, mas quem já entrou conta que o interior é bem bonito e vale a pena visitar. Bem próximo à Igreja, tem um restaurante chamado Tempero da Ângela, muita gente fala maravilhas, mas por causa do horário não almoçamos por lá.




LOJINHAS DE MÓVEIS, DECORAÇÃO E ARTESANATO


São M-U-I-T-A-S lojas ao longo de todo o trajeto. Vale a pena parar o carro em alguns trechos e percorrer as lojas a pé, para conhecer a beleza do artesanato local. Existem muitos Ateliês com as portas abertas para os visitantes assistirem a produção de peças ao vivo. Atenção, nem todos os estabelecimentos trabalham com cartão de crédito, é bom levar um pouco de dinheiro para não passar vontade.


Boa parte das peças é feita a partir de matéria prima de reaproveitamento ou fibras naturais. Madeira, ferro, lata, algodão, vidro e fibras são alguns componentes que dão origem a móveis, telas, tapetes, esculturas, crochês, bordados e adornos.






CERVEJA CARMA BICHINHO


Com tanta andança, vale dar uma paradinha para provar da cerveja local. A Cerveja Artesanal Carma - produzida em Bichinho - é muito saborosa. Além de conhecer a cerveja, você ainda tira onda com a garrafa gigante que fica na entrada do bar. O bar é pequeno, intimista, super bem decorado e fresquinho por conta das árvores ao redor.


E esse foi o Tour por Bichinho. Gostei muito de conhecer o lugar, recomendo um fim de semana em Tiradentes com uma esticada até Bichinho. Lembrando que se você procura o sossego do sossego, existem boas opções de Pousadas em Bichinho também.

228 visualizações