• Carol Ribeiro

Castelinho Caracol - Canela RS

Atualizado: 24 de Ago de 2019

Seguindo pela RS - 466, Estr. Parque dos Pinheiros existem vários pontos turísticos. Você vai pegar a estrada de Gramado para Canela e quando chegar na rotatória que tem o Letreiro de CANELA, vire à esquerda. Algumas atrações nas redondezas:

  • Parque Terra Mágica Florybal

  • Vale dos Dinossauros

  • Mundo Gelado do Capitão

  • Castelinho Caracol

  • Parque Caracol

Gosto de trazer pra vocês tudo que podem fazer em sequencia, pra otimizar o tempo. Conhecemos o Castelinho e o Vale dos Dinossauros (que faz parte do passaporte dos Museus).


CASTELINHO CARACOL


O Castelinho foi uma das primeiras residências de Canela, levou 2 anos para ser construído e a obra foi finalizada em 1915. Hoje é Museu e Café a o pequeno casebre da família, que foi a primeira moradia até o castelo ficar pronto, ainda está de pé e abriga uma lojinha de presentes e artigos diversos.


A casa é cheia de objetos antigos, muito bem conservados e limpos. A sensação é que a qualquer momento alguém vai se sentar à mesa para o almoço, começar a costurar uma roupa ou deitar na cama para descansar. Os objetos são dispostos como se houvessem moradores utilizando cada cômodo nesse exato momento.

Primeira moradia da família, durante a construção do Castelinho Caracol

Galpão que liga a casa antiga ao Castelinho Caracol. Ferramentas e equipamentos agrícolas utilizados pelos moradores.



No primeiro piso existem 2 quartos, sala de jantar, sala de música, banheiro, cozinha e o espaço onde hoje funciona o Café que também era uma sala. Repare no objeto em cima da cama, era uma bolsa de água quente; nas noites frias era colocada embaixo da coberta com água quente para aquecer a cama.


No segundo piso existe um hall central e várias portas ao redor que dão acesso a mais quartos, sala de costura, sala de ferramentas, outra para brinquedos e uma varanda fechada em vidro, que possui vista de 180° da propriedade. Além de permitir a visão dos visitantes se aproximando, também servia como espaço para secar penas de animais que seriam usadas nos travesseiros e colchões - já que recebia muita incidência de luz.


Eu não conheço a maioria dos objetos, mas meu marido que viveu em zona rural na infância reconheceu muitos objetos que eram usados na roça antigamente. É uma verdadeira viagem no tempo. Bóra de videozinho pra sentir como foi o passeio!


34 visualizações