terça-feira, 2 de janeiro de 2018

Ano novo, velhas promessas!

Todo ano é a mesma coisa: a gente termina o ano numa alegria só; por causa do Natal, do Reveillon e a preparação para o carnaval. Releva muitos acontecimentos do ano, tentando focar na esperança e na expectativa de um ano novinho em folha, nos esperando de braços abertos.

Por pior que esteja a coisa toda, sempre conseguimos olhar para o futuro com brilho nos olhos de um porvir que será melhor - brasileiro então, é expert nisso!
Feito roupa nova, perfume bom ou bolo quentinho saindo do forno, o ano novo tem cheiro de coisa boa e ficamos empolgados e curiosos para saber o que vai acontecer. 

Essa animação toda vem acompanhada de uma energia boa que nos motiva a fazer mil promessas. Acontece que o tempo vai passando e essa vontade vai minguando, minguando e quando percebemos: lá se foram os meses e junto com eles os projetos, sonhos e metas - percebemos que mais um ano está acabando e não concretizamos metade do que foi planejado inicialmente.

Então proponho que esse ano, façamos um compromisso! Vamos focar em coisas simples, mas que poderemos realizar e que vão nos trazer real satisfação. São quatro sugestões bacanas e super fáceis de colocar em prática.


Que tal começar pela parte mais fácil!
Enumere as suas conquistas, faça sua retrospectiva 2017.

- Algo que você conquistou (um amor, um diploma, uma amizade);
- Alguém que você ajudou (a atravessar a rua, levantando o astral de alguém, doando algo ou fazendo um elogio sincero); 
- Algo que queria muito e conseguiu comprar;
- Um conselho bacana que você deu e depois recebeu um agradecimento por isso;
- Se conseguiu a CNH (ou se pelo menos tentou, já vale a experiência de ter dado um passo à frente);
- Se fez uma viagem legal;
- Se conseguiu guardar uma grana (ou se pelo menos não passar a virada no vermelho);

Não esqueça de listar também tudo aquilo que é importante na sua vida e que você manteve:

- Ter alguém que você ama por perto;
- Ter saúde;
- Poder LER este texto, ver o sol nascer;
- Morar num país tropical, alegre e sem guerras ou desastres naturais;
- Estar em pleno gozo das faculdades mentais;
- Ter o que comer, vestir e onde dormir!

Olha quanta coisa legal pode ter acontecido entre o abrir os olhos pela manhã e o deitar no fim do dia. Muitas dessas coisas passam despercebidas e, às vezes, a gente não da o devido valor.



Se tem uma coisa que pode te travar é a procrastinação. E se a ideia é botar essa lista para funcionar, a primeira coisa a ser feita é determinar para você mesmo que não vai deixar para depois NADA que possa ser feito já.

Olhe ao redor, observe (e se quiser liste) todas as pequeninas coisas que você ficou empurrando com a barriga durante o ano. Desde arrumar aquelas gavetas e tirar peças para doação ou fazer uma visita para um amigo que você sempre acaba deixando para depois. Estabeleça uma data para isso, marque no seu calendário e se programe para executar essa tarefa, no dia e hora marcados.



Pode ser um trabalho manual, contar piadas, costurar, escrever bem, cozinhar alguma coisa específica, ser ótimo com cálculos, fazer uma boa massagem, dançar, cantar, desenhar, preparar uma ótima caipirinha, decorar uma mesa bem bonita, dominar um assunto como construção, decoração, moda, automobilismo... 

Explore suas capacidades e encontre algo que te traga alegria (tesão mesmo!). Se ainda não descobriu nada, é tão somente porque não prestou atenção. Pergunte à quem convive com você: "fulano, se você tivesse que escolher alguma coisa que EU faço muito bem, o que seria?" Você pode se surpreender com as respostas e descobrir talentos que nem você mesmo sabia que tinha!



Outra meta que não vai te custar nada e com certeza vai tornar os seus dias melhores. Aprenda a elogiar mais e a receber elogios também. Isto mesmo, APRENDA A RECEBER: temos a mania de desfazer das pessoas quando recebemos um elogio e dizer coisas do tipo: Ahhh, que isso! Não foi nada! Bondade sua! Vamos agradecer e ofertar um sorriso de volta!

- Ofereça mais sorrisos às pessoas com quem cruzar;
- Pergunte às pessoas se precisam de ajuda;
- Observe mais as pessoas do seu convívio e elogie as coisas que elas fazem ou que elas são (não apenas as coisas que elas têm);
- Dê bom dia para aquela pessoa que passa por você todos os dias a caminho do trabalho, mas que você teoricamente não conhece;
- Pergunte-se o que você pode fazer para tornar o dia mais leve!
- Pratique a gentileza.

E se você animou e quer ver mais sugestões, confere o post sobre 8 AUTO CHAMEGOS. Você vai encontrar outras ideias bacanas para aumentar essa lista de coisas possíveis.

Então, o que achou das sugestões? Consegue colocar em prática? Desejo que 2018 seja ótimo para todos nós e que saibamos aproveitar cada minuto desse novo ano com sabedoria, paciência, determinação e colocando boas energias em tudo que nos propusermos a fazer. Tudo de melhor para você que me acompanhou nesses primeiros 4 meses do Carol Combina!!! Obrigada e até mais...

Atualizações do Instagram

Topo