quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

9 coisas que você precisar saber sobre o URUGUAI

Quem nunca viajou para o exterior sempre tem um medinho de passar aperto estando tão longe de casa e num idioma estranho.

Minha primeira viagem foi cercada de medos. Hoje vejo que não tem mistério e se você for para um lugar acolhedor sempre haverá alguém disposto a ajudar e fornecer informações. Afinal, pessoas gostam de pessoas, em qualquer lugar do mundo (corrigindo: quase qualquer lugar).

Antes de viajar, o ideal é pesquisar bastante na internet e anotar dicas de quem já viajou. Este também foi um fator que motivou a criar o blog - manter um "banco de dados" para ajudar os amigos que sempre perguntam das minhas viagens e pedem dicas, mas na hora nunca consigo lembrar de tudo; então o blog facilitou tudo.

Pensando nisso, separei algumas dicas para te mostrar que ir ao Uruguai não e um bicho de 7 cabeças.

sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Reolhar a vida: lugares e pessoas

Acho incrível como mudamos nossa percepção sobre coisas e pessoas com o passar do tempo. 

Com certa frequência encontro pessoas do passado que eu achava que eram mais altas ou mais bonitas e, um belo dia, tenho a percepção que são menores ou não tão belas - o contrário também acontece - ou visito lugares e tenho impressões completamente diferentes sobre o mesmo ambiente.

Na verdade, não são as coisas que mudam, somos nós que mudamos nossa visão de mundo e com isso as coisas e pessoas são resinificadas e criamos uma nova percepção.

terça-feira, 27 de novembro de 2018

7 ideias para uma boa ação de Natal

Final de ano chegando e bate uma certa nostalgia: retrospectiva do ano que passou, projetos não concretizados, novos planos para o futuro. Um misto de sentimentos toma conta da gente e, em meio à isso, muita gente começa a planejar alguma boa ação de natal.

Eu sou adepta de fazer o bem o ano todo, mas acho que fazer algo uma vez por ano é um bom começo. Quem sabe dessa boa ação brote uma sementinha no seu coração e te faça querer ajudar mais as pessoas, não só no Natal.

Hoje, separei algumas sugestões para quem quer ajudar o próximo. Que tal pegar a sua lista de afazeres de fim de ano e acrescentar uma dessas ações?! Tenho certeza que você vai ser sentir muito melhor depois de ajudar alguém...
sexta-feira, 23 de novembro de 2018

LAGOM nos aspectos da vida

Há um tempo eu comecei a trabalhar o LAGOM na minha vida. Isso tem me feito bem e estou cada vez mais interessada no assunto.

Só para refrescar a memória, o LAGOM é um estilo de vida sueco, uma filosofia que preza pela moderação - sem escassez ou excessos. É o contrário do "quanto mais melhor". Representa a ideia de que, para cada coisa, há uma medida que seja suficiente (espaço, comida, dinheiro, tristeza, risos, tempo, recusos, etc) e que dosando bem tudo isso, você vive mais tranquilo, com mais plenitude. Sai a quantidade (excesso ou escassez) e entra a qualidade (fazer tudo, sem gerar desperdício e sem se ocupar com o desnecessário).


Quem não viu a primeira parte, confere como essa história começou AQUI. Hoje quero falar sobre a parte prática do negócio, então vamos entender, em etapas, cada aspecto dessa filosofia:

quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Receita de hoje: Fricassê de frango

Para mim não tem coisa melhor do que fazer uma refeição de prato único, sem aquele monte de panelas no fogão e um tumulto de vasilhas sujas na pia. AMO prato único!

Conheço muitas receitas de fricassê, mas modéstia parte, nunca comi nenhum tão bom quanto este aqui.
segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Conheça Bichinho - MG

Continuando nosso passeio por Tiradentes - quem não viu a primeira parte, confere AQUI - agora vamos para um lugar piquititinho, mas que vocês precisam ver.

O distrito de Vitoriano Veloso, mais conhecido como Bichinho, pertence à cidade de Prados, mas fica à apenas 7 km de Tiradentes.

Cheio de cantinhos charmosos e muitas casas em adobe (mistura de barro e palha), Bichinho vale um dia de passeio quando estiver nas proximidades. Todo o trajeto desde a saída de Tiradentes possui lojas de artesanato e móveis rústicos. A vontade que dá é de voltar com um caminhão comprando de um tudo: quadros, bancos de madeira, tapeçaria, espelhos, esculturas e muito mais...
quinta-feira, 8 de novembro de 2018

Dica de Viagem: Tiradentes MG

Gente, está difícil escolher sobre o que falar primeiro sobre Tiradentes. Que lugar charmoso, que gente bacana, que clima delicioso...

Tiradentes fica na rota da Estrada Real, localizada à 190 km da capital, Belo Horizonte. Possui muitas atrações turísticas, gastronomia rica, história instigante, ecoturismo e muito, mas muito artesanato de qualidade. Além de tudo que se pode encontrar durante todo o ano, a cidade também sedia eventos interessantes como a Mostra de Cinema, o Festival de Cultura e Gastronomia e a Caminhada da Lua Cheia que percorre 12km de serra chegando a um mirante que os participantes afirmam ser espetacular.
quinta-feira, 25 de outubro de 2018

Não to nem aí pra feed "organizado", eu quero é ser feliz!

Quando surgiram as primeiras redes sociais, a principal função era mostrar para as pessoas os nossos gostos, ideias e pensamentos. Me lembro do falecido Orkut que tinha comunidade para tudo que você imaginar. Só olhando as comunidades do usuário, era possível conhecer sua personalidade e pressupor se ela era CDF, lerda, divertida, romântica ou meio louca. Apesar de já existirem os perfis fake, a maioria das pessoas postava o que realmente pensava e acreditava; ninguém ligava muito se aquilo poderia prejudicar sua imagem.

Isso mudou - e mudou MUITO. Já faz um tempo que venho querendo falar disso e cada vez que entro no Instagram e vejo um feed muito organizado - milimetricamente combinando - isso me incomoda e logo penso: FALSOOO! Penso isso por um simples motivo: a vida real não segue uma cartela de cores, ela é cheia de nuances variadas - graças a Deus!

Eu acho normal querer registrar alguns momentos, adoro fotografia. Em tempos modernos seria ilógico pensar que a tecnologia só tem o lado ruim e até acho radical as pessoas desativarem as redes e simplesmente sumirem do mundo digital.
sábado, 20 de outubro de 2018

Dica de Leitura: TODO DIA

Faz muito tempo que o livro TODO DIA está na minha fila e quando lançaram o filme, foi difícil resistir.

Quando uma obra tem as duas versões eu sempre faço o possível para ler o livro primeiro. Nunca encontrei um filme que fosse melhor que o livro e acho que quando vemos o filme primeiro, ele tira nossa imaginação por fornecer uma imagem pronta e “enlatada” dos personagens – enfim, prefiro os livros!

O livro conta a história de A, “alguém” que cada dia habita o corpo de uma pessoa, assumindo sua
sexta-feira, 28 de setembro de 2018

Mulheres & Cervejas (e dietas!)

HISTÓRIA

A cerveja é tipicamente vista como uma bebida masculina, mas acredite, isso não é verdade. Cada vez mais as mulheres estão (re)dominando o assunto e botando muito homem no chinelo, mas isso não é novidade e sim uma retomada da história. Sabia que a mulher teve papel fundamental na criação e em toda a história da cerveja?
sexta-feira, 21 de setembro de 2018

Você conhece o LAGOM?

Acabei de voltar de férias; energias renovadas para enfrentar novos desafios, mas esta pausa foi diferente de todas as outras que fiz anteriormente - TODAS - e vou explicar pra você.

Eu não fiz nenhuma viagem internacional, não planejei nada especial, só sabia que precisava dar uma respirada e me afastar do dia-a-dia um pouco para não surtar.

Antes de detalhar sobre minhas reflexões, trago um conselho: 

quarta-feira, 5 de setembro de 2018

Um ano de blog + sorteio

UM ANO!!!
Cara, quanta coisa acontece em um ano... Pessoas nascem, pessoas se vão, fazemos algumas amizades, nos afastamos de outras, mudamos nosso peso ou o corte de cabelo. Tudo isso até pode permanecer igual, mas gosto de pensar que por dentro, nunca seremos os mesmos depois de um ano inteiro - graças à Deus, porque seria muito chato ser a mesma pessoa eternamente.

Tudo que vivemos nos transforma por dentro: cada passeio, cada dia no trabalho, cada situação nova, cada raiva que a gente passa, tudo isso nos modifica de alguma forma. As coisas que vemos e ouvimos e as conversas que participamos nos fazem repensar nossos conceitos - acredito que até mesmo por isso, mudamos as amizades - nosso ciclo de convívio vai se modificando, se adaptando às novas fases de nossa vida.

quinta-feira, 23 de agosto de 2018

6 Aplicativos para você testar

Você lembra quando o Whatsapp ficou fora do ar por um dia inteiro? Eu me lembro e a palavra que poderia definir isso era: CONFUSÃO! Causou mais rebuliço do que muito notícia trágica do Plantão da Globo. O fato é que a dependência do celular é cada dia mais gritante.

Ficar sem o celular é quase motivo de pânico para algumas pessoas e sem ele as pessoas perdem boa parte da capacidade de resolver problemas de forma prática. Embora essa dependência tenha seu lado sombrio, a tecnologia pode ser uma ótima aliada quando sabemos usar com sabedoria e cautela.
sábado, 18 de agosto de 2018

O mundo ta ficando muito chato por falta de sinceridade

Já dizia Oscar Wilde: pouca sinceridade é uma coisa perigosa e muita sinceridade é absolutamente fatal.

Concordo plenamente, mas nem por isso consigo ser diferente do que sou. Se não está preparado para ouvir algo sincero, melhor nem dialogar comigo! Sou dessas...

Sinceridade é um tema sempre polêmico; não existe meio termo. Tem a galera que acha melhor não se indispor, ser cordial e dar as respostas educadas (ainda que sejam falsas) e tem o time que prefere dizer o que pensa, mesmo que isso não agrade a todo mundo. Eu, definitivamente, estou no segundo grupo. Já fui taxada de grossa e cruel e, honestamente, isso não me incomoda.
É comum quando as pessoas expressam uma opinião negativa, ouvirem coisas do tipo "eu não perguntei a sua opinião", mas sejamos práticos: onde existe um diálogo, é natural que as pessoas expressem suas opiniões mesmo que não sejam formalmente questionadas a respeito - isso é fato, o contrário disso não é diálogo, mas sim monólogo (ou pura puxação de saco).
sábado, 11 de agosto de 2018

DIA DOS PAIS - De um jeito diferente

Você já reparou que a maioria das propagandas de dia dos pais ou das mães sempre mostra os pais com crianças pequenas? Isso sempre me incomoda porque parece que a plenitude disso está apenas na infância dos filhos e não na fase adulta. Digo isso, na perspectiva de filha - isso porque, obviamente, não sou mãe.

Sei que existe aquele velho clichê para os pais, seus filhos serão eternas crianças, mas o fato da relação pais x filhos ser representada - na maioria das vezes - pela fase infantil dos filhos me incomoda porque eu acho tão fantástica a relação que pode haver entre adultos, que julgo um desperdício não aproveitar isso também nas campanhas e propagandas.
Mas vamos parar de falar em marketing e voltar a falar de sentimento. Hoje eu quero lembrar que as datas comemorativas são um lembrete: de que a vida deve ser celebrada, que existem pessoas importantes ao nosso redor - que muitas vezes não deixamos claro o quanto elas representam na nossa vida - e que não somos eternos.

E se você vier com o papo de que "Ahhhh, mas meu pai sabe que eu o amo". Claro, eu acredito que sim, mas quantas vezes você disse isso a ele? Não pelo whatsapp ou em um tom de brincadeira, mas sério e olhando olho no olho. Cobramos tanto das pessoas e esquecemos de fazer a nossa parte.
quarta-feira, 8 de agosto de 2018

Roteiro de 1 dia em Vila Velha - ES

Quem me conhece, sabe que apesar de morar em Minas Gerais e ser apaixonada por essas montanhas e a natureza - que não se compara à lugar nenhum - eu tenho um pé sempre no Espírito Santo. Se alguém me fizesse escolher entre os dois estados, seria pura crueldade e eu não seria capaz de definir.

Hoje resolvi trazer uma dica de roteiro: o que fazer se você tiver UM DIA para passear em Vila Velha. Não se espante com a mistura de fotos - juntei alguns episódios de viagens em épocas diferentes para montar esse roteiro.
sábado, 4 de agosto de 2018

Aquelas regras que existem para serem quebradas

Sabe aquelas "regras" que a gente aprende desde cedo e vai seguindo pelo resto da vida, mas muitas vezes nem se questiona até que ponto elas são realmente necessárias? Por exemplo sempre ir ao banheiro antes de ir dormir ou só comer a sobremesa depois da refeição.

Pois bem, no Reolhar a Vida de hoje quero falar um pouco sobre isso, pra gente entender um pouco essa automatização e começar a observar esse piloto automático que ligamos desde cedo - para tantas coisas - e que muitas vezes nos tira pequenos prazeres da vida sem motivo algum.

Quem foi que disse que pra dormir você precisa de um pijama? E quando começa a chover, porque sempre saímos correndo mesmo sem estar com nada nas mãos que possa molhar ou estragar?

Comecei a questionar essas coisas quando um certo dia, no restaurante, resolvi comer a sobremesa antes do almoço. Estava linda, eu estava com fome e simplesmente comi, feliz da vida e sem culpa! Todo mundo que notou isso ficou me olhando com uma cara estranha, principalmente a moça da balança (foi até engraçado).
sexta-feira, 3 de agosto de 2018

Bepantol e suas 1002 utilidades!

Sabe aquele produto que você já acha maravilhoso pelo pouco que conhece, mas de repente descobre que ele é ainda melhor do que você imaginou?! Bepantol é um deles...
Eu já era fã do Bepantol por fazer milagre em pele ressecada (e nesse inverno de lascar a gente PRECISA de produtos realmente façam efeito). Imagina a felicidade em saber que esse produto serve pra (quase) tudo. Duvida? Acompanhe comigo!
terça-feira, 24 de julho de 2018

Diamantina - parte 3: Parque Biri Biri

Quando relembro minha viagem para Diamantina, sempre me dá vontade de voltar! Foi apenas um fim de semana + feriado, mas eu curti tanto que valeu mais do que muitas viagens de férias que eu já fiz.

Se você perdeu as partes que já mostramos, confere sobre A cidade AQUI e também sobre A Vesperata AQUI.

Pra encerrar esse tour, vamos falar do Parque Estadual e a Vila do Biribiri, simplesmente LINDO!

O PARQUE

Criado em 1998, o parque Biribiri está localizado na Serra do Espinhaço e sua entrada fica a aproximadamente 13 km de Diamantina. Possui uma portaria, onde os guardas florestais coletam informações sobre a origem e a quantidade de passageiros no veículo, repassam as informações sobre o parque (horário de funcionamento, distâncias, regras gerais para respeitar fauna e flora, não deixar nenhum tipo de lixo, etc) e depois disso é só curtir a paisagem e as cachoeiras.
São 17 mil hectares de cerrado mineiro, campos de flores sempre-vivas, muitas trilhas para poços e cachoeiras bem sinalizados e de fácil acesso.

O parque conta com a Cachoeira dos Cristais, Cachoeira da Sentinela, Poço da Água Limpa, Poço dos Estudantes, Mirante da Cruzinha, muitas nascentes cristalinas, pedreiras, formações rochosas, a Vila de Biribiri, entre outros cantinhos lindos de ver e fotografar!

No Mirante da cruzinha, a vista é maravilhosa. Dá para ver algumas corredeiras bem pequeninas e ao fundo, a pontinha das casas de Diamantina.
MIRANTE DA CRUZINHA

A Cachoeira da Sentinela foi o que eu mais gostei. Água rasa e extremamente limpa (veja no vídeo do final que não estou exagerando), nenhuma foto conseguiu captar a lindeza dessa cachoeira. Achei ótima para crianças, idosos e gente medrosa como eu - acho lindo, mas tenho medo de água!!!
CACHOEIRA DA SENTINELA

CACHOEIRA SENTINELA

PONTE DE ACESSO PARA CACHOEIRA DOS CRISTAIS


A ponte parece medonha, mas é bem larga e super firme. Os carros ficam estacionados logo antes dela e o trajeto seguinte até a cachoeira é bem curtinho, super tranquilo.

Claro que ao redor de cachoeira sempre existem muitas pedras, por isso é preciso ter cuidado para não cair. Vimos um grupo de pessoas, incluindo muitos idosos, que não tiveram problema em chegar até a margem.
CACHOEIRA DOS CRISTAIS

Essa cachoeira também é linda, mas é daquelas que me dá medo pela imponência e profundidade. Possui uma vista espetacular - na direção de onde estou olhando na foto.

Só não tirei mais fotos porque teve uma mulher totalmente sem noção que simplesmente resolveu nadar PELADA e acabou com toda nossa graça! Realmente, não tinha a mínima condição para eu fazer boas fotos com uma "paisagem" daquela atrás de mim, néééé. "Miga, seje menas!"(Entendedores entenderão).

A VILA

Biribiri é um lugar pra RESPIRAR e curtir...

A vila foi criada para abrigar uma indústria têxtil - fundada em 1876 e desativada em 1972. No auge do funcionamento, chegou a ter 600 funcionários, além de escola, armazém, barbearia, igreja, clube, restaurante e energia elétrica própria. O rio Biribiri - que corta o parque - moveu as turbinas da usina que gerava a energia para a fábrica e a vila.
Atualmente a Vila possui uma pousada e dois restaurantes: do Adilson e do Raimundo Sem Braço (que realmente é sem um braço). Escolhemos este último e fomos muito, mas muitooo bem atendidos. A comida estava maravilhosa e só de lembrar do frango com quiabo, chega a dar água na boca.
Fiquei com muita vontade de me hospedar lá e esse ainda será um dos meus próximos destinos. Imagino o silêncio da vila à noite, a calmaria, o som da natureza; deve ser revigorante!

A atmosfera rural e graciosa é um carinho para os olhos e para a alma. Esse lugar possui uma energia muito boa. E caso você pense: Ahhh, a Carol está exagerando, será que é isso tudo mesmo? Em 1998 o Vilarejo foi tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (IEPHA). Ta bom pra você?!

E pra finalizar, o videozinho que a gente ADORA! Agora só falta você marcar o fim de semana e #partiuDiamantina.


domingo, 22 de julho de 2018

INSPIRAÇÃO – Decoração no estilo industrial

A decoração em estilo industrial surgiu entre os anos 50 e 70, quando vários galpões se transformaram em lares devido à bolha imobiliária nos Estados Unidos.

Ou seja, no princípio, os tijolos, a tubulação aparente, a madeira desgastada e o concreto não eram intencionais, mas sim resultado de imóveis que se transformaram em moradia, repentinamente.

Hoje em dia, esse conceito mudou e muitas pessoas optam por elaborar projetos com esse conceito. O estilo industrial traz um ar moderno para qualquer ambiente, cai muito bem em salas de jantar integradas, salas e até quartos.

Algumas características desse estilo são:

- parede com tijolos aparentes;
- móveis antigos;
-janelas amplas;
- fios expostos;
- móveis em metal e madeira de demolição;
- tons terrrosos;
- instalação elétrica externa à parede;
- vigas aparentes;
- uso de metal e cobre na decoração;

Alguns estilos que casam bem com o Industrial são o Vintage (que pode alegrar o ambiente com detalhes coloridos) e o Rústico (trazendo o mobiliário antigo e desgastado) que combina super bem com a pegada industrial.

Se você acha que o estilo industrial é extremamente masculino, essa galeria também serve para você abdicar desse conceito... Se você gosta do estilo despojado e com personalidade, inspire-se nessa galeria que eu separei pra hoje!
 

 
 
 
 
 
Além do estilo em si, acho que dá para tirar muita inspiração dessa galeria. Eu, particularmente, AMO parede de tijolos aparentes e quadros! Acho que paredes vazias deixam a casa muito triste.

Embora esse estilo não seja muito difícil de adotar, é preciso ter cautela para que a casa não fique com aspecto de um depósito com coisas entulhadas.

Uma boa dica é EQUILÍBRIO: não acumule excesso de informação (adornos, almofadas, quadros e enfeites, tudo junto e misturado). Observe a quantidade de metais e madeira, alternando com acessórios mais leves, descontraídos e algumas cores vibrantes.

E aí, qual o seu estilo preferido? Gostou do Industrial? Se quiser ver algum outro estilo, deixe aqui nos comentários...

Atualizações do Instagram

Topo