domingo, 24 de setembro de 2017

Férias no CHILE: Serro Santa Lucia + Centro e Metrô

Não sei quanto à vocês, mas quando eu vou escolher meu próximo destino, boa parte dessa decisão é baseada nos passeios que eu pesquiso na internet. Um bom destino turístico precisa ter lugares legais para conhecer! Quando comecei a pensar nas próximas férias e os amigos indicaram o Chile, logo fui ao Google ver o que esse destino teria a oferecer.

Fiz muitos passeios tradicionais e outros, nem tanto. Para fazer tudo que Santiago oferece, é preciso muitos dias por lá, então optei pelos passeios que mais me instigaram a curiosidade e a vontade de ver ao vivo.

Como já falei anteriormente - quem não leu confere AQUI - você tem acesso à muitos lugares utilizando o metrô. Conheci muitos pontos turísticos assim e para situar todo mundo, vamos primeiro ver o mapa que utilizei para me locomover:
Ao chegar em Santiago, procure os agentes da empresa de turismo Turistik - eles dão esse mapa para divulgar seus passeios.

O local onde me hospedei, estava na rota da Linha 1 do metrô (Linha vermelha), ela concentra a maioria dos lugares bacanas. Se você seguir o mapa vai identificar os locais e as estações de metrô mais próximas. Utilizando esse meio de locomoção, estive nos seguintes lugares:

ESTAÇÃO: LA MONEDA
No entorno você tem muitos pontos turísticos como o Correo Central - que abriga o Museo Postal Y Telegráfico, o Museu Histórico Nacional, o famoso calçadão Paseo Ahumada, entre outros, mas apesar de tantas opções, estive apenas em:

Plaza de Armas
Plaza de La Constituición
Palácio de La Moneda
Catedral de Santiago
Mercado Central de Santiago
A visita ao Palácio de La Moneda (atual sede do Governo Chileno) deve ser previamente agendada. Tem limite de pessoas, dias e horários específicos. Você pode agendar AQUI.
Quando faltarem 15 minutos para a hora marcada do passeio, se apresente na lateral esquerda e aguarde ser chamado. Você deve deixar seu documento com o oficial da guarda responsável pelo passeio e receberá um crachá. Ao final do tour, você devolverá seu crachá e receberá seu documento de volta.

Durante a visita, conhecemos a história do Chile, os salões e sua respectiva finalidade, cultura, a história do Palácio (que foi construído para ser a Casa da Moeda, quando o Chile era colônia Espanhola, se tornou a sede do Governo em 1845 e foi residência oficial dos presidentes até 1958 - Carol também é aula de história!). Os acontecimentos sobre o Palácio são interessantes e complexos - daria uma boa novela. Confira com detalhes AQUI.
(Miniatura do Palácio)
 
(Salão Rojo - Vermelho)
(Pátio dos Canhões)
 
(Moedas comemorativas dos Presidentes)

(Euzinha aguardando devolverem meu documento na saída)

Chegamos mais cedo, porque foi o primeiro passeio da viagem e de cara já coincidiu com a solenidade de troca da guarda (lindo de ver!). Eu tinha lido sobre isso, mas sinceramente já tinha esquecido. Provavelmente quando li, não me despertou interesse, por isso descartei e não dei a devida importância, mas super recomendo. É um evento muito bonito e organizado, fica no lado oposto do Palácio, em relação à onde você dá início à visita guiada.
Fique atento ao Calendário que oscila as datas a cada mês. Vale a pena pesquisar no Google antes e já agendar sua visita ao Palácio no mesmo dia da troca da guarda - fique alerta para os horários também, senão você pode estar dentro do Palácio na hora do evento da troca.


Nos meses de inverno os oficiais vestem verde escuro e nos meses de verão, vestem branco.

Ainda nesse mesmo entorno, temos a CATEDRAL METROPOLITANA DE SANTIAGO. Linda, linda, linda! Não tem como colocar tanta beleza numa foto, tem que olhar para todos os lados, para o teto e o chão, tudo é magnífico. Não da para descrever, só os olhos são capazes de ver o que realmente tem de tão belo. 
(Fonte de imagem AQUI)


Detalhe: observem o contraste entre a história da Catedral e a modernidade do prédio ao lado.

O interior é maravilhoso e nas laterais, imagens de santos, igualmente belas.

(Fiquei séria porque achei estranho tirar foto sorrindo demais)


Esta imagem de São Miguel Arcanjo é a mais bela que eu já vi na minha vida. Parece que ele olha diretamente para você. Simplesmente incrível.

(Detalhe do tiozinho me vigiando!)


Logo na entrada da Catedral, ao lado esquerdo tem essa Capela. Não tem como não repetir a palavra mil vezes: Linda!

Por último, nessa região, fomos ao MERCADO CENTRAL. Simples por fora, curioso por dentro. Tem muitos restaurantes e muitas peixarias (???), tem alguns corredores que possuem cheiro forte de peixe e o chão bem molhado - fica difícil se manter ali por muito tempo. Ao redor, muitos restaurantes, tanto com acesso por dentro como acesso pelo exterior do Mercado. 
Eu senti uma pressão dos garçons para nos "laçar" para sentar em algum lugar. Você não consegue andar à vontade sem que muitos deles venham incisivamente te oferecer cardápios e afirmar que tem ótimos preços. Fica um pouco desagradável ficar recusando várias e várias vezes. Eu queria conhecer, andar, sentir o lugar mas ficou desagradável até para tirar fotos porque quando os garçons notavam que estávamos chegando, já vinham uns três "em cima" da gente!

Escolhemos um restaurante lateral, o Pailas Blanca, que mais tarde descobri que foi o primeiro restaurante do Mercado Central.

Comemos uma Centolla - que eu me reservo o direito de fazer um suspense porque teremos um post sobre as comidas. 

Ainda no Mercado fomos comprar lembrancinhas. Foi o melhor lugar para comprar esses presentes, com os melhores preços e muitas opções, além de uma "consultoria" com o pessoal da lojinha - brasileiros nota mil que nos ajudaram pra caramba, dando dicas e vários alertas como o cuidado ao pagar o táxi, valores de Uber, estações de metrô para chegar em outros pontos turísticos e ter cuidado com vendedores ambulantes para não pegar dinheiro falso!

Valeu Jordan, você foi dez! Aproveitamos TODAS as suas dicas e indicamos muita gente pra comprar aí com vocês - que fomos encontrando pelo caminho! 


ESTAÇÃO: SANTA LUCÍA
Serro Santa Lucía

Bem próximo ao centro, o Serro Santa Lucía possui várias entradas, sendo a principal bem pertinho da estação do metrô. Possui área de 65.300m². No início era ponto de reconhecimento da cidade para os conquistadores. No começo do século 19 se tornou fortaleza das tropas leais ao rei da Espanha.
(Primeira vista após a entrada)

(Pátio central)

(Ahhh! Nem comecei a subir ainda, mas essa escada é ótima, vai ser fácil!)

(Terraza Neptuno - fonte inspirada na Fontana de Trevi, em Roma - Itália)

(E começaram as subidinhas mais íngrimes)

A paisagem começa a mesclar natureza, cidade e a cordilheira. Por mais que se tente retratar a beleza disso em uma foto, é incrivelmente mais lindo quando vemos ao vivo. Lente nenhuma consegue captar a beleza disso. E ainda tem gente que me pergunta porque eu fiquei TÃO apaixonada por Santiago.
(Maridão ta firme nas subidas - até agora tudo certo!)


(Capela - que infelizmente fica fechada)

E tome mais escada - em compensação uma vista MARAVILHOSA para você suspirar e não perder o pique.

Enfim, chegamos ao topo. Ufa, quanta escada e quanta beleza! Valeu a pena a subida, valeu cada suspiro. Esse lugar precisa e merece ser visitado.

(Desculpem a má qualidade de imagem. Desculpas: filmei com celular, estava muito cheio e cansei pra caramba na subida... e aí, colou?)


Na imagem acima você vê o Serro San Cristobal, no meio dele o trilho do funicular. Mas tenha calma, daqui a pouco falamos desse outro passeio que também é magnífico.

Este é o Castillo Hidalgo, construído em 1816, por ordem do governador do Chile, para defesa da cidade. Em 1997 a construção passou por melhorias e se tornou um Centro de Eventos. Veja AQUI

Para todo lado temos natureza e as muralhas em diferentes alturas do Serro.

Saímos por um acesso lateral, igualmente lindo e com tantas árvores e imagens que ficou impossível enquadrar tudo numa foto só.
Sugiro programar esse passeio para a parte da manhã, pois é cheio de escadas e tem muita subida até chegar no ponto mais alto. Se você deixar para conhecer este lugar após algum outro passeio, pode ficar com preguiça quando avistar tanta "ladeira acima".

Faça a subida com calma e aproveite a paisagem! O melhor de tudo? Não paga para entrar!

Bom, no próximo post mais passeios pelo metrô. Confesso que só de relembrar a viagem, já tenho vontade de voltar correndo!

Atualizações do Instagram

Topo